A fé do tamanho do grão de mostarda.

Deem graças em todas as circunstâncias, pois esta é a vontade de Deus para vocês em Cristo Jesus. 1 Tessalonicenses 5:18 

Ao ler e meditar na palavra de Deus, encontraremos inúmeras passagens instruindo o povo de Deus e a sua igreja, a liberar continuamente palavras de gratidão ao Senhor.  Nesse versículo vemos que a vontade de Jesus é que em TODAS AS CIRCUNSTÂNCIAS devemos dar graças a Deus.

Agradeça em meio as dificuldades.

Como agradecer ao Senhor em meio as crises, dores, perdas e dificuldades que enfrentamos diariamente? Como permanecer com o coração grato, mesmo quando tudo parece dar errado, se é justamente nesses momentos que somos tentados a questionar a Deus a partir do que passamos? A instrução para dar graças em todas as circunstâncias está na verdade de que, o desejo de Jesus sempre será nos levar para um novo nível em sua presença, ele deseja nos fazer andar em gratidão e contentamento não com base no que temos ou passamos, e sim a partir do sacrifício na cruz por amor a nós. 

Como você costuma demostrar gratidão ?

Quebrando as cadeias da religião pela gratidão.

A verdade é que a religião aprisionou o homem durante muito tempo em diversos aspectos. Implantando um evangelho triunfalista, muitas vezes os fazendo acreditar que só havia evidência da presença de Deus na vida de alguém a partir das vitórias e conquistas, e nesse tempo, naturalmente, há um liberar de gratidão a Deus pelos seus feitos. Em contrapartida, não “prepara” o homem a permanecer em louvor e gratidão em meio as guerras, dessa maneira, muitos acabam ficando no meio do caminho ou buscando atalhos que trazem benefícios, mas não agradam a Deus. 

Porém o que Jesus quer nos ensinar, é que devemos andar em ações de graças por reconhecer a presença de Deus em tudo inclusive, nas dores e diversidades. Devemos ter o coração grato não somente quando Ele faz o que esperamos ou nos concede algo, mas em primeiro lugar por saber quem Ele é, agradecemos como uma forma de reconhecer a sua soberania sobre todas as coisas. 

Podemos falar de Davi como exemplo de alguém que soube preservar o coração grato, mesmo enquanto batalhava e fugia os seus perseguidores. No salmo 118 vemos uma das inúmeras passagens escritas na Bíblia que diz : Dou-te graças, porque me respondeste e foste a minha salvação. Isso vem do Senhor, e é algo maravilhoso para nós. Este é o dia em que o Senhor agiu; alegremo-nos e exultemos neste dia. Bendito é o que vem em nome do Senhor.

O homem que se posiciona dessa maneira, nos momentos mais difíceis, revela que já entendeu o real sentido da palavra gratidão que é o simples fato de andar segundo o mandamento que diz que devemos amar a Deus acima de todas as coisas Mt.22.37. Demonstramos confiança e convicção de que o amor de Deus por nós não é alterado por coisa alguma e por isso agradecemos o favor imerecido.


No livro de Filipenses 4:6 podemos ver a instrução que não devemos andar ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, devemos apresentar nossos pedidos a Deus. Aprendemos com isso, que ter o coração grato livra o homem de andar segundo a ansiedade da alma, ensina a ser dependente de Deus, a passar por todas as situações reconhecendo que Ele está presente e tem o controle de todas as coisas em suas mãos. 

Gratidão gera contentamento.

Devemos andar continuamente em gratidão a Deus, por seu amor, bondade, fidelidade, pelo perdão dos pecados e pela salvação por meio de Jesus, assim como devemos ser gratos por pessoas, pelo bem que fazem a nós, como a momentos difíceis que nos fizeram crescer. Estudos relatam que o sentimento de gratidão contínuo, colabora para que as pessoas se sintam mais felizes e provocam sensação de bem-estar.
Com base nas verdades sobre a palavra gratidão, que na sua jornada você  caminhe em contentamento e gratidão em todo o tempo, simplesmente pelo fato de que essa é a vontade de Deus.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp